LEITURAS INACABADAS, MEG CABOT E VOLTEEEEEI \O/

Oi, gente… VOLTEI! \o/

Finalmente, depois de quase dois meses sem postar nada, decidi voltar e estou muito grata por não ter excluído o blog. Percebi que se tivesse feito isso, teria me arrependido horrores. As coisas estavam muito corridas, como eu tinha dito no último post, depois aconteceram uns problemas aí, mas enfim, tô aqui de novo! (:

Eu não andei lendo muita coisa sem ser para a faculdade desde então, mas tentei pegar uns livros mais fininhos pra não deixar de ler totalmente. No início do ano eu comecei a ler “A Menina que Roubava Livros”, de Markus Zusak, mas a leitura empacou.  Não que eu não estivesse gostando da história, mas acho que o fato de eu já ter assistido o filme estragou um pouco do encanto. Eu me lembro exatamente de onde parei e pretendo voltar em breve, mas no momento não tava dando.

IMG_20150501_122519311

Li finalmente “O Pequeno Príncipe” inteiro e deixei de ser uma poser (estou até agora encantada!!). Quem me segue no instagram e no snapchat sofreu com tanta coisa do livro que eu fiquei falando. Se vocês quiserem, posso fazer um post mostrando minha coleção de coisas do Pequeno Príncipe aqui no blog. Reparem no comentário abaixo que uma menina fez sobre o dia 06/04 – que também foi o dia em que eu terminei -, fiquei pasma:

OPP

zoom

Eu garanto a vocês que eu tô tentando achar O LIVRO que me ajude a voltar pro pique de leitura. Eu comecei a ler esses 3 (um deles emprestado há mais de um ano, desculpe Emanuel!! :/) e empaquei, e principalmente em Um Copo de Cólera… não tava fluindo, gente… Daí eu decidi pegar um que já tá há um tempão na minha estante e tem uma capa linda!! Acho que Meg Cabot pode me ajudar a me concentrar de novo nos livros. Postei essa foto no instagram hoje de madrugada, e porque a insônia me pegou, comecei a ler. Paralelamente a esse, já tô lendo “Sessão de Terapia”, de Jaqueline Vargas, que é inspirado na série Sessão de Terapia no GNT. Logo logo eu falo mais sobre ele por aqui.

IMG_20150501_020927500

PEGANDO FOGO!

Enfim, gente, é isso! Post rapidinho com muitas fotos pra dizer que eu voltei e não tenho mais uma rotina certinha por aqui, quero postar NO MÍNIMO 1 vez por semana, mas tem muita coisa pela frente para a gente conversar. Gostaria que vocês também deixassem sugestões aqui ou na página do blog sobre o que vocês querem que eu escreva. Minha rotina da universidade tá maaaais ou menos organizada. Bem longe do que eu queria, mas aos poucos tudo se ajeita. Graças a Deus, apesar da doidice que foram as semanas de provas, as notas foram todas acima da média, o que me deixa um pouco mais tranquila. Enfim, só não quero mais parar de ler! Um grande beijo, fiquem com Deus e até a próxima!!

por Vitória Regina ❤

Facebook: facebook.com/cadernodecapitu

Conservando livros e Organizando a estante

   Olá, leitores!

 Deu preguiça só de ler o título? Pois é, eu também…

     Tenham paciência, vocês vão entender o meu dilema. Eu AMO livros com páginas amarelas, mas com o tempo eu percebi que elas são as mais frágeis. Meus livros estavam se enchendo de manchas também amareladas e eu fiquei inconformada. Como podia livros novos, cuidados, assim… cheios de manchas! O.o

IMG_20140712_123548457_HDR

Manchas amareladas (ai, meu Deus…)

     Então começou a saga:

    IMG_20140711_182910254_HDR

PARTE 1

Eu tirei livro por livro da estante, comecei a passar o paninho em um por um e antes dar aquela geral na estante e terminar a sessão limpeza, comecei a colocar bolsinhas de plástico (transparente) em cada livro.

É muito melhor pra conservar os livros, além de proteger contra a poeira. Ninguém merece ler espirrando, né? -_-

Estava tudo indo bem, até eu colocar os 5 primeiros livros no plástico e bater uma preguiiiiiiiiiiiiiiiça…

Mas, já tinha começado, tinha que terminar! E eu precisava do meu canto pra dormir…

IMG_20140712_123927037_HDR IMG_20140712_123948718_HDR

Coloquei os livros em cada saquinho, colando atrás com durex (não danifica o plástico e também fica mais apertadinho, deixando os livros mais bonitinhos na estante)

PARTE 2

     Eu coloquei plástico em todos os livros, o já era uma vontade que eu tinha e também dica de amigos. O meu pai costuma fazer capas de papel mais grosso pros livros dele, mas eu não gosto muito da ideia porque eu não gosto de cobrir a lombada do livro na estante… (mas fica aí a dica). Depois dos livros estarem todos protegidos, chegou a hora de organizar a estante.

     Eu não tenho um método certo de organização, mas eu deixo do jeito que visualmente fica melhor pra mim. A minha lógica é: Os mais altos para os mais baixos, os mais grossos para os mais finos, os de mesmo autor juntos e organizados pelo ano de lançamento original… E por aí vai. No fim das contas ficou assim:

IMG_20140712_124038342IMG_20140712_124207473_HDR

Aí estão as duas primeiras prateleiras da minha estante (as de baixo estão com cds, dvds e livros didáticos, então achei melhor não incluir no post). Gostaram?

E vocês, como cuidam dos seus livros e organizam a estante?

Por Vitória Regina

Livros: emprestar ou não?

emprestar livro

fb/phrasesdelivros

 

Pois é, meu caro. Talvez você tenha parado nesse post porque se identificou com o título. Muito provavelmente você e mais um zilhão de gente já passou por essa perguntinha. Porque claro, sempre vai ter aquele seu colega que mesmo não tendo tanta aproximação com você e até sabendo que você não quer de fato emprestar, vai pedir.

Não existe um problema definido em emprestar livros, mas sim qual vai ser o estado do livro quando ele voltar, se é que ele vai voltar. Eu já conheci muitas febres de livros a partir de alguém que me emprestou e eu me interessei. Acontece que às vezes a pessoa tem um certo carinho pelo livro e quem tá pedindo não entende que ela quer que ele seja cuidado.

Eu empresto livros sim, mas só para quem eu conheço e sei que gosta de ler, que vai ler mesmo e vai cuidar. Já emprestei livros com o coração partido e eles voltaram esquisitos, amassados, com riscos na capa e isso é muito frustrante, principalmente quando era um que eu havia juntado dinheiro pra comprar e ter cuidado e ele ter voltado inspirando Destrua este diário. –‘

Não quero que vocês pensem que eu sou egoísta por não emprestar, na verdade eu tenho muita vergonha de dizer não e muitas vezes acabo colocando meus livrinhos na forca. Mas aí vem o outro lado da moeda: Vivi, você pega livro emprestado? Então, quando preciso pego sim, mas também com vergonha porque nem sempre eu consigo devolver o livro numa data estipulada e sei que isso não é legal. Por isso sim, eu pego, mas geralmente evito.

E para vocês não acharem que eu sou um carrasco, saibam: existe leitor pior! Outro dia eu tava falando com algumas pessoas sobre isso e uma amiga disse que só empresta se a pessoa assinar um contrato/acordo e se houver algum atraso, deve pagar um tipo de multa. Outras pessoas disseram que não emprestam de jeito nenhum e outras pouquíssimas disseram que depois de ler, emprestam e nem se preocupam sobre quando o livro vai voltar (gente boa!).

E vocês, emprestam seus livros? Comentem suas experiências abaixo sobre essa verdadeira virtude (risos) que é emprestar os tão amados e cheirosos e cuidados e lindos e caros e…

 

Por Vitória Regina